Memórias e curiosidades, 100 anos depois

Fernando Veríssimo

Grupo de Metralhadoras

Soldado João Pedro [Grupo de Metralhadoras]

Soldado João Pedro [Grupo de Metralhadoras]

Na lista oficial disponível (e fiável) o único rapaz das metralhadoras, é este que aqui vedes. Não é o melhor documento que o possa atestar pois os “retoques” feitos à velha fotografia afastam-nos – ainda mais – da realidade desses tempos de incerteza, fome e desventura. A freguesia de Benfica do Ribatejo deu, também ela, alguns dos seus valorosos jovens para combaterem nas frentes africana e europeia. Um deles foi o João Pedro.

[Nota: João Pedro fora cunhado de outro antigo combatente, de seu nome, Francisco d’ Oliveira Marneca]

[foto [s/ data] gentilmente cedida por Rita Mesquita]

A namorada francesa

namorada francesa jsantos sampaio 2 dez 1918França, 2 de dezembro de 1918. Após novembro, a paz será cumprida em desfiles de vitória. Para as nações e para os homens, envolvidos neste conflito, que durou mais do que devia, sobrou uma enorme chaga social, a desventura dos que pereceram e a má fortuna dos estropiados. Para os afortunados, ficaram os amores. Foto [s/data] supostamente endereçada ao Cabo José dos Santos Sampaio por uma admiradora francesa.

Soldado Ferreira

Justino Matias Ferreira - Soldado [s/data]

Justino Matias Ferreira – Soldado [s/data]

Embora nesta altura já largamente difundida, (apesar de Niépce a ter descoberto na primeira metade do sec. XIX), a fotografia requeria ainda maior tempo de exposição e servia-se de equipamentos pouco portáteis  para “tirar um retrato”. Por essa razão eram feitas em estúdio, provavelmente usando luz zenital e décor “trompe l’oeil” imitando um cenário bucólico. É nesse enquadramento ficcionado e apoioado num “solitaire” que vemos o Soldado Justino Ferreira.

Subscrever Blog via email